COMO SE ASSOCIAR

1 – A proposta do Contrato de adesão deverá ser impressa. O contrato possui um total de (06) páginas;

1.1 – Recomendamos para a economia do associado que imprima uma via e tire cópia das outras. Às vias impressas, (original dos mesmos), devem ser enviadas à associação;

1.2 – No caso de envio de contratos copiados à ANESE, este poderá ser indeferido caso a cópia seja de má qualidade ou ilegível;

1.3 – O contrato só será aceito pela associação se o associado reconhecer firma de sua assinatura a qual se encontra na última página do mesmo;

1.4 – Os associados novos que irão se cadastrar à associação deverão rubricar às (05) primeiras páginas do contrato sendo que à página (06) deve ser assinada e reconhecida a firma da assinatura em cartório;

2 – De posse da proposta do Contrato de Adesão, o candidato a associado deve preenchê-lo com letra de forma ou à máquina. Recomenda-se a leitura de todo o contrato antes de seu preenchimento;

2.1 – A assinatura do contrato significa a aceitação irrestrita, por parte do associado, de todas às cláusulas ali presentes;

2.2 – Também devem ser lembrado que é exigência do contrato a colocação de um e-mail do próprio (letra de forma legível) ,sob pena de seu indeferimento (a critério da Diretoria); assim como a foto (3×4) e a cópia do comprovante de depósito devidamente anexado(legível);

2.3 – Na cópia do comprovante de depósito, escrever seu nome e CPF ;

3 – Os valores da proposta do Contrato de Adesão devem ser pagos através de boleto bancário

3.1 – Não mais haverá distinções entre sócios fundadores ou titulares para os que se associarem a partir do dia 01/12/07; devendo, a partir desta data, conforme deliberação da última assembleia do dia 28/10/07, todos os associados serem considerados titulares e colaboradores;

3.2 – Informamos que aqueles que tiveram seus nomes inscritos na ata de fundação e que não se associaram até o dia 30/11/07 só poderão ser aceitos como titulares, conforme deliberação da última assembleia do dia 28/10/07, não importando que se apresente comprovante de pagamento de taxa de adesão de data anterior (a critério da Diretoria);

4 – Preenchido o (contrato de adesão), este deverá ser remetido a associação ANESE para o endereço abaixo: Atenção! , caso o mesmo não seja enviado para o endereço citado, será indeferido. Envie-o por sedex.

Rua Bernardo de Vasconcelos Nº 434. Sala 202. Realengo | Rio De Janeiro – RJ
CEP: 21710-262
aos cuidados da ASSOCIAÇÃO ANESE.

5 – A confirmação do deferimento do contrato será enviada via e-mail (letra de forma, legível) fornecido pelo associado num prazo máximo de 20 (VINTE) dias e / ou com a chegada do boleto de mensalidade no endereço informado no contrato

6 – Em caso de indeferimento, os valores comprovadamente pagos serão ressarcidos pela Associação;

7 – Reitera-se que, para evitar caso de extravio por parte dos receptores regionais ou da empresa de correio, nos envie os documentos via email, ou seja, digitalizados em formato PDF ou JPG;

8 – Documentos necessários para se associar:

Documentos civis:

  • RG
  • CPF
  • comprovante de residência atual
  • e duas fotos 3X4;

Documentos militares:

  • Folhas de alterações
  • CDI (certificado da época do alistamento)
  • certificado de reservista da FAB
  • e diploma do CESD.

Também enviar os seguintes documentos:

  • CNIS ( na previdência social )
  • RAIS
  • e CAGED ( no ministério do trabalho e emprego).

Esclarecimento sobre as mensalidades e taxa de adesão

Os valores pagos são única e exclusivamente para o custear despesas da associação: Telefone, manutenção do site, salário do contador, salário do advogado, aquisição de bens móveis para o uso da associação e etc. caso haja algum eventual desconforto a esse respeito, a Diretoria recomenda o previsto no artigo 55 do próprio estatuto da ANESE com a requisição de interventor para sanar quaisquer dúvidas.

Os valores a serem pagos na conta da associação em caráter de primeira mensalidade mais a da taxa de adesão é de :

R$ 500,00.
R$ 100,00.

Da dúvida quanto a se associar

Existem aqueles que lançam algum sentimento de desconfiança sobre os valores de mensalidades e bem como se haverá chances de obtermos vitória e etc.

Na verdade, é isso o que a Força Aérea espera de nós! Que sejamos mesquinhos, covardes, omissos e desagregados! Precisamos compreender que a vida é como um jogo de xadrez; ou somos Reis ou somos peões, ou somos senhores de nossos destinos ou somos covardes e manipuláveis quer por preguiça e comodidades nos deixaram achincalhar por uma elite corrupta que se gaba de nossa desunião.

Por exemplo: Quando selecionamos um assessor jurídico, não queremos o chamado “advogado de porta de delegacia” que presta o seu serviço por qualquer tostão; Alertamos que o serviço deste (o de porta de delegacia) é proporcional ao seu salário!

Um bom advogado custa caro! Sabemos que a situação financeira de todos não está fácil, mas após tanto esforço será que o associado gostaria de ter, um advogado sem méritos? Relembramos que o atual representante jurídico é produto de exaustiva pesquisa!

Portanto companheiros, se cada um achar cara uma mensalidade de R$ 500,00 reais (o que eu costumo chamar de investimento) , que pode ser para o seu próprio benefício, sem considerar que sem dinheiro nada se faz neste mundo, só nos resta lamentar e a Força Aérea festejar! Qualquer lanche que um companheiro fizer com sua respectiva namorada, noiva ou esposa em um único dia alcança este valor ou mais! Aqueles que acham que a sua possibilidade de vitória deveria custar menos do que um simples lanche de um dia ou de um fim de semana de lazer deveria rever seus conceitos! (opinião nossa).

Powered by moviekillers.com